Demência com Corpos de Lewy prejudica memória e movimentos

///Demência com Corpos de Lewy prejudica memória e movimentos

Demência com Corpos de Lewy prejudica memória e movimentos

A Demência com Corpos de Lewy é a segunda causa de demência degenerativa, perdendo apenas para a Doença de Alzheimer. É uma patologia de causa ainda desconhecida, mas acredita-se que seja causada pela presença de uma estrutura dentro das de corpos de Lewy distribuídos pelo cérebro. Possui muitas semelhanças com o Alzheimer e Pakinson. Geralmente acomete pessoas acima dos 60 anos.

Os primeiros sintomas da Demência por Corpo de Lewy estão ligados à deterioração do funcionamento cognitivo e a alterações no nível de atenção, além de problemas para planejar e executar atividades simples, como por exemplo, dificuldade para desenhar um objeto, como um cubo ou um mostrador de um relógio. A memória pode ser afetada, de forma mais leve que na Doença de Alzheimer.  Além disso, a pessoa pode perceber mudanças na percepção visual ou incapacidade para reconhecer ambientes. Alucinações visuais que interagem com a pessoa também podem ser um sintoma, bem como tremores, quando em repouso, rigidez nos membros, instabilidade na postura e até mesmo a perturbação do sono, com sonhos realistas em que a pessoa se bate, briga, grita, ri, levanta-se, podendo ocasionar movimentos intensos e quedas da cama.

Há também episódios de confusão mental, enquanto a pessoa está acordada, que param após alguns segundos, sendo imperceptíveis. Também são comuns as flutuações em que a pessoa pode ter sonolência excessiva ou ficar por longos períodos olhando para o vazio, junto a outros períodos em que está bem ao longo do dia. Quando duram mais tempo, chamam a atenção pela falta de lógica no comportamento.

O diagnóstico é feito através de exames solicitados por um neurologista, através da história contada por familiares e amigos, bem como o uso de tomografia computadorizada e ressonância magnética. Podem ser utilizados ainda exames mais específicos como a cintilografia de perfusão cerebral (SPECT cerebral) e a Tomografia com emissão de pósitrons e exames de marcadores no líquor, em casos selecionados.

Embora não exista cura para a Demência por Corpos de Lewy, é possível realizar o tratamento e controlar os sintomas, com o uso de remédios orientados pelo neurologista.

O tratamento consiste em medicações que controlam os sintomas motores (tremores e dificuldade para andar – geralmente com medicamentos usados no Parkinson) e a alteração cognitiva. Também há a prescrição de medicações inibidoras das colinesterases (usado normalmente no tratamento do Alzheimer), além de antipsicóticos (para combater as alucinações visuais). O tratamento também se baseia em terapia ocupacional, fisioterapia, reabilitação psicológica e exercícios fonoaudiológicos. Desta forma, a pessoa pode viver por muitos anos com o máximo de independência e qualidade de vida.

2018-10-16T16:50:50-02:00