Meningite: o que é e como tratar

///Meningite: o que é e como tratar

Meningite: o que é e como tratar

A meningite é uma doença neurológica muito séria e que precisa de tratamento rápido. Trata-se de uma inflamação das membranas que revestem o cérebro e medula espinhal e que na maior parte dos casos é causada por uma infecção. Se não tratada a tempo, a meningite pode levar a morte ou deixar sérias sequelas.

Geralmente, a meningite é causada por uma infecção viral, mas ela também pode ser causada por bactérias, vírus ou fungos, ou até um casos, excepcionais asséptica, ou seja, sem um agente evidente. Existem vacinas que podem prevenir algumas formas de meningite, mas não todas, por isso, é necessário um diagnóstico rápido e certeiro para o início do tratamento.

A meningite bacteriana é a mais grave de todas e ocorre quando a bactéria entra na corrente sanguínea e migra até o cérebro. Isso pode acontecer, por exemplo, após uma infecção de ouvido, abscesso, fratura ou mais raramente após uma cirurgia. Existe mais de uma bactéria que podem causar a doença.

No quadro viral, a meningite pode ser causada por diversos tipos de vírus, porém, esta é a forma mais comum e menos perigosa da doença e que muitas vezes nem exige tratamento. Os vírus que causam a meningite podem estar presentes em alimentos, águas e objetos contaminados e são mais comuns no fim do verão e começo do outono.

Sintomas

Os principais sintomas da meningite são: dor de cabeça, febre e pescoço rígido. Também podem ocorrer náuseas, vômitos, confusão mental e dificuldade de concentração, sonolência, convulsões, fotossensibilidade, falta de apetite e rachaduras ou manchas vermelhas na pele.

Tratamento

O diagnóstico de meningite é feito pelo neurologista com base nos sintomas e exames de líquor (“liquido da espinha”), sangue e de imagem como tomografias e ressonâncias magnéticas. Em casos, selecionados até Eletroencefalograma podem ser solicitados.

O tratamento vai depender da causa. No caso da meningite viral, há casos que não precisa tratamento, pois a doença costuma desaparecer sozinha. Geralmente, recomenda-se repouso, ingestão de muito líquido e medicamentos para aliviar a dor. Em alguns casos, também pode ser prescrito um antiviral.

Na meningite bacteriana, o tratamento precisa ser imediato, assim que houver a suspeita diagnóstica, por causa do risco de complicações e de morte. Geralmente, são prescritos antibióticos intravenosos e também há a necessidade de internação. Quando causada por fungos, o tratamento é feito por fungicidas.

2018-10-16T16:48:52-03:00